• Recuperar a trajetória de crescimento e emprego
  • Incentivar a investigação científica e tecnológica e a inovação
  • Incentivar a investigação científica e tecnológica e a inovação
  • Exportar mais
  • Exportar mais
  • Criar mais emprego
  • Criar mais emprego
  • Melhorar o sistema de ensino e formação profissional
  • Melhorar o sistema de ensino e formação profissional
  • Igualdade de oportunidades no acesso à educação, formação e emprego
  • Mais sustentabilidade e crescimento verde
  • Criar valor na agricultura
  • Estimular o crescimento e competitividade da economia do mar
  • 25.000 mil milhões de euros de fundos da união europeia
  • Portugal 2020 conta consigo

 

Notícias

Sapatos portugueses pelo mundo com o apoio dos Fundos da União Europeia

24/07/2017

O sucesso dos sapatos portugueses Undandy obrigou a empresa a avançar para a construção de uma fábrica própria em São João da Madeira com o objetivo de responder ao aumento do volume de encomendas registado nos últimos meses. Fundada em 2015, a startup vai investir um milhão de euros na nova fábrica.

A Undandy já vende sapatos personalizados através da sua loja online desde 2015 e a partir do final deste ano pretende produzir 200 pares de sapatos por dia. O investimento na nova fábrica arranca em setembro e prevê criar 25 postos de trabalho.

"Estamos num processo de construção de uma fábrica própria. Vamos arrancar o projeto já em setembro, para deixar a fábrica pronta a produzir até ao final do ano. É uma unidade completamente independente, que vai trabalhar exclusivamente para a Undandy", explica Rafic Daud, líder da Undandy. A razão terá sido o forte crescimento da marca nos últimos meses.

"Temos assistido a uma multiplicação das nossas vendas nos últimos seis meses, e com possibilidades de crescimento da mesma dimensão nos próximos meses e anos. Precisamos de assegurar a capacidade de produção para dar vazão às encomendas. O tempo de espera tem aumentado ligeiramente." Até a fábrica estar pronta, os sapatos da Undandy continuarão a ser produzidos numa outra unidade em São João da Madeira, "em parceria com um fabricante do Norte do país".

Mais detalhe...

SI2E tem 235 mil euros para financiar projetos de empreendedorismo no Norte

24/07/2017

O SI2E - Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego - financia projetos até 235 mil euros que promovam o empreendedorismo e a criação de emprego em 86 municípios do norte de Portugal. No contexto dos apoios do Norte 2020, foi lançado o programa de financiamento SI2E que pretende apoiar micro e pequenas empresas localizadas em 86 municípios do Norte de Portugal.

O SI2E tem como principais objetivos incentivar a criação de emprego, estimular o empreendedorismo empresarial e promover a criação, expansão ou modernização de micro e pequenas empresas.

Assente numa lógica de estimular pequenos negócios em territórios de baixa densidade ou em territórios com elevado índice de desemprego, o SI2E prevê a aplicação de fundos da União Europeia para a criação de micro e pequenas empresas ou a expansão ou modernização de micro e pequenas empresas.

Mais detalhe...