Apelo aos jovens açorianos para que se interessem e defendam a União Europeia

13/05/2019

O Presidente do Governo dos Açores assinalou, no passado dia 9 de Maio, o Dia da Europa com uma aula aberta na Escola Secundária Antero de Quental, em Ponta Delgada, onde apelou aos jovens açorianos para que se interessem pela União Europeia (UE), enquanto projeto coletivo que é muito mais do que uma forma dos Açores obterem apoios financeiros.

Vasco Cordeiro disse que o arquipélago constituiu uma “autêntica potência europeia” que projeta a União Europeia no Atlântico Norte, não se esgotando a sua presença no projeto, na sua dimensão ultraperiférica e nos fundos comunitários que recebe, através do Programa Operacional AÇORES 2020.

Neste encontro com os alunos, que culminou com um debate sobre questões europeias, o Presidente do Governo sublinhou também que o projeto europeu assenta em valores importantes da paz, da concórdia, da liberdade, do progresso, do desenvolvimento e da coesão entre Povos europeus.

Nesta visita com alunos de Ciências e Humanidades, o Presidente sublinhou que a UE “tem donos”, que são os cidadãos europeus, e, neste sentido, apelou aos jovens da Região a “tratarem daquilo que é nosso”.

“A forma mais importante é o voto, mas essa participação passa também por se interessarem por esta União Europeia que é vossa. Se ela funcionar bem, quem são beneficiados são os cidadãos, se ela funcionar mal, quem é prejudicado é cada um dos cidadãos”, referiu.

Nesta “conversa” com os alunos da Escola Antero de Quental, referiu ainda que o projeto europeu precisa de ser defendido, em primeiro lugar, de si próprio, preconizando que, a nível técnico e político, Bruxelas tem de reforçar a atenção às reais preocupações dos cidadãos europeus.
 
“Mesmo com todos os defeitos que a União Europeia tem, e tem alguns, nós estaremos sempre melhor, e seremos sempre mais bem-sucedidos com a União Europeia do que sem ela”, assegurou.

“Temos muito a dar à União Europeia. Essa é uma ideia fundamental sobre a forma como nós devemos pensar o nosso relacionamento com a União Europeia”, concluiu Vasco Cordeiro, que, no Dia da Europa, fez questão de destacar o papel desempenhado por José Medeiros Ferreira e Jaime Gama, enquanto Ministros dos Negócios Estrangeiros, no processo de adesão de Portugal à então Comunidade Económica Europeia (CEE).

 

 

Fonte: Diário dos Açores/Açores 2020