Aviso-Concurso destinado à Revisão do Livro Vermelho dos Mamíferos de Portugal Continental

02/10/2018

O PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no uso de Recursos, acaba de publicar o Aviso-Concurso com o código POSEUR-15-2018-17, destinado à 'Revisão do Livro Vermelho dos Mamíferos de Portugal Continental e contributo para a avaliação do seu estado de conservação'.

As candidaturas decorrem até às 18h do dia 14 de dezembro de 2018 via Balcão 2020 - Domínio Temático Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

A tipologia de operações passíveis de apresentação de candidaturas no âmbito do presente Aviso diz respeito ao domínio de intervenção c) “Informação” na tipologia c) ii) Desenvolvimento do Cadastro Nacional dos Valores Naturais Classificados.

As operações desenvolvem-se através de trabalhos no terreno e de fotointerpretação para recolha de informação.

Além disso, focam-se no desenvolvimento de novas funcionalidades para os softwares que se revelem necessárias, visando a Revisão do Livro Vermelho dos Mamíferos de Portugal Continental e contributo para a avaliação do seu Estado de Conservação.

Os Livros Vermelhos fornecem informações importantes sobre o risco de extinção das espécies, ao atribuir às mesmas as categorias de ameaça de acordo com a classificação internacional da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), contribuindo para o estabelecimento bem fundamentado de prioridades nacionais de conservação e planeamento que apoiem a proteção efetiva da biodiversidade.

Ao consolidarem informação sobre as espécies ameaçadas a nível nacional, os Livros Vermelhos são ainda uma ferramenta indispensável à constituição do Cadastro Nacional de Valores Naturais Classificados.

A informação recolhida no âmbito da preparação dos Livros Vermelhos contribui igualmente para a avaliação do estado de conservação das espécies protegidas da fauna constantes dos anexos II, IV e V da Diretiva Habitats, objeto de relatos periódicos à Comissão Europeia através de Relatórios Nacionais de Aplicação daquela Diretiva, fornecendo informação relevante sobre range, população, habitat para a espécie e perspetivas futuras verificadas a nível nacional.

A consolidação desta informação é essencial para disponibilizar um suporte técnico e científico essencial para a prossecução da política de conservação da natureza e da biodiversidade e, simultaneamente, para apoiar e fundamentar os processos de tomada de decisão.

 

Fonte: PO SEUR