CE ajuda as Regiões a unir forças para investir em Modernização Industrial

14/06/2016

A Comissão Europeia lançou recentemente a Plataforma de Especialização Inteligente para a Modernização Industrial, durante a Conferência Regiões Inteligentes, que teve lugar no início de junho.

Esta nova iniciativa oferece apoio às regiões para promover a cooperação inter-regional com base na correspondência entre as Prioridades de Especialização Inteligente relacionadas com a Modernização Industrial, tais como Tecnologias-Chave Facilitadoras, Inovação de Serviços ou Eficiência dos Recursos.

A iniciativa será organizada pela Plataforma de Especialização Inteligente da Comissão Europeia, localizada em Sevilha.

O objetivo desta iniciativa é criar um pipeline de investimento de projetos maduros em novas áreas de crescimento em toda a União Europeia (UE), fornecendo aconselhamento personalizado e ajudando as regiões estabelecer ligações com as comunidades de Negócios e Investigação.

A plataforma pode ajudar as regiões a desenvolver ou partilhar infraestruturas como instalações de testes, plantas-piloto, centros de dados e 'Fab Labs'.

Será também dado apoio especial às regiões para combinar diferentes instrumentos de investimento da UE, como os FEEI - Fundos Europeus Estruturais e de Investimento, o Programa COSME para as PME, o Horizonte 2020 – o maior Programa para a Ciência e Inovação da UE, e o EFSI - Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos o ‘coração’ do Plano de Investimento da UE.

 

ESPECIALIZAÇÃO INTELIGENTE

A Especialização Inteligente é uma abordagem inovadora que promove uma utilização eficaz e rigorosa dos investimentos públicos em Pesquisa e Inovação, para permitir aos países e regiões capitalizar sobre seus pontos fortes e criar novas vantagens competitivas.

As Estratégias de Especialização Inteligente nacionais e regionais servem de bússolas para investimentos, com Fundos ESI, em Pesquisa e Inovação.

135 regiões indicaram as prioridades relacionadas com a modernização industrial como uma das suas áreas principais de investimento sob a Especialização Inteligente, destacando, assim, o enorme potencial para projetos conjuntos.

A primeira Plataforma temática de Especialização Inteligente foi criada em 2015 para promover a cooperação inter-regional no domínio da ENERGIA.

Muito recentemente, no âmbito da Conferência Regiões Inteligentes, que teve lugar dias 1 e 2 de junho, foi lançada outra plataforma temática no domínio AGROALIMENTAR e outras serão estabelecidas no futuro próximo.

As Plataformas, geridas pelo Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia, proporcionam conhecimentos especializados, aconselhamento e oportunidades de networking através de workshops e seminários.

 

 

Fonte: InfoRegio/CE