CE quer Energia Limpa para todos os Europeus

02/12/2016

A Comissão Europeia (CE) apresentou, dia 30 de novembro, um Pacote de Medidas destinadas a preservar a competitividade da União Europeia, dado que a transição para Energias Limpas a nível mundial está a mudar os mercados da energia.

A Comissão pretende que a União Europeia (UE), não só se adapte a esta transição, como a lidere. Por este motivo, a UE comprometeu-se a reduzir as emissões de CO2 em pelo menos 40 % até 2030, enquanto moderniza a economia da UE e garante crescimento e emprego para todos os cidadãos europeus.


As propostas hoje apresentadas têm Três Objetivos Principais:

  • Dar prioridade à Eficiência Energética

  • Alcançar a liderança mundial em energia de fontes renováveis

  • Estabelecer condições equitativas para os consumidores

Os consumidores de toda a UE são agentes ativos e fulcrais nos mercados da energia do futuro e terão, no futuro, melhor escolha a nível do fornecimento, acesso a ferramentas fiáveis de comparação de preços de energia e possibilidade de produzir e vender a sua própria energia.

Maior transparência e melhor regulamentação dão mais oportunidades para a sociedade civil participar mais no sistema de energia e responder aos sinais dos preços. O pacote contém igualmente uma série de medidas destinadas a proteger os consumidores mais vulneráveis.

O Vice-Presidente responsável pela pasta União da Energia, Maroš Šefčovič, declarou: «O pacote hoje apresentado vai impulsionar a transição para a energia limpa através da modernização da nossa economia. Tendo liderado a ação no domínio do clima a nível mundial nos últimos anos, a Europa está agora a dar o exemplo, ao criar as condições para emprego, crescimento e investimento sustentáveis. As propostas hoje apresentadas afetam todos os setores relacionados com a energia limpa: investigação e inovação, competências, edifícios, indústria, transportes, digital, finanças, para citar apenas alguns exemplos. Estas medidas vão dotar os cidadãos e as empresas com os meios que lhes permitirão aproveitar ao máximo a transição para uma energia limpa.»

As propostas da Comissão no âmbito das medidas «Energia Limpa para todos os Europeus» destinam-se a mostrar que a transição para uma energia limpa é o setor de crescimento do futuro — onde se encontra o dinheiro inteligente.

As energias limpas atraíram em 2015 um investimento de mais de 300 mil milhões de euros à escala mundial. A UE encontra-se bem posicionada para utilizar as nossas políticas de investigação, desenvolvimento e inovação a fim de tornar esta transição uma oportunidade industrial concreta. 

Ao mobilizar até 177 mil milhões de euros de investimento público e privado por ano a partir de 2021, este pacote pode gerar até 1 ponto percentual a mais no crescimento do PIB durante a próxima década e criar 900 000 novos postos de trabalho.

As propostas legislativas do programa Energia Limpa para todos os Europeus abrangem a eficiência energética, a energia de fontes renováveis, a configuração do mercado da eletricidade, a segurança do abastecimento de eletricidade e as regras de governação para a União da Energia.

Além disso, a Comissão propõe um novo caminho para a conceção ecológica, bem como uma estratégia para a mobilidade conectada e automatizada.

O pacote inclui também ações destinadas a acelerar a inovação no domínio da energia limpa e renovar os edifícios da Europa. Fornece medidas para encorajar o investimento público e privado, promover a competitividade industrial da UE e mitigar o impacto social da transição para a energia limpa.

A Comissão está igualmente a estudar formas de mostrar a liderança da UE em termos de tecnologias e serviços atinentes a energias limpas para ajudar países terceiros a alcançarem os seus objetivos estratégicos.

 

Para mais informações consulte:

 

 

 

Fonte: CCDR-N