PO CH promove Torneio de Minigolfe para Cegos no âmbito da 'Europa na Minha Região'

04/06/2018

No dia 29 de maio, no Agrupamento de Escolas José Estêvão, em Aveiro, celebrou-se a Europa na Minha Região com minigolfe para cegos. As mãos, o toque, o ouvir e o conquistar sonhos coletivos.​

​Uma escola, cinco cursos profissionais apoiados pelo PO CH – Programa Operacional Capital Humano, no âmbito do FSE - Fundo Social Europeu e cerca de 100 formados num projeto que uniu a formação profissional com a inovação de possibilitar que todos tenham a oportunidade de fazer igual na sua diferença.

Cinco pistas de minigolfe, tacos e bolas, tudo adaptado para 20 cegos praticaram pela primeira vez um desporto idealizado para "quem vê". 

As primeir​as tacadas menos conseguidas não inibiram os participantes do 1º torneio de Mini Golfe para Cegos que continuaram a tentar, a persistir, a ultrapassar obstáculos.

E quando as primeiras bolas acertaram no buraco celebrou-se com dezenas de palmas e ao som da célebre música dos Queen, "We are the Champions". Uma, duas, 30 vezes conquistou-se o sonho de quem soube ver que todos são importantes numa sociedade que se deseja mais forte e inclusiva.

A Vera Alimova, de oito anos, conseguiu acertar em todos os cinco buracos (hole), bem como o José Ferreira que, para além de um excelente jogador, cantou o fado para as cerca de 100 pessoas na plateia: "estou tão feliz", disse após mais uma ovação.

Num dia em que se celebrou a Europa na Minha Região, todos foram vencedores num evento onde a inclusão qualificada e os sorrisos rasgados não vislumbraram qualquer diferença.

 

 

‘OS CURSOS PROFISSIONAIS SÃO MUITO BEM VISTOS NAS EMPRESAS’

Na entrega de prémios aos participantes, o Diretor do Agrupamento de Escolas José Estêvão, Fernando dos Santos, elogiou o papel dos formandos e dos professores num projeto "inovador de cariz social e inclusivo", dando nota da importância dos apoios da União Europeia, no âmbito do PO CH, "no percurso formativo dos alunos dos cursos profissionais".

Joaquim Bernardo, presidente do POCH, destacou que o 1º Torneio de Minigolfe para Cegos é o resultado do "excelente trabalho desenvolvido por alunos e professores" com os apoios concedidos pelo PO CH, no âmbito do FSE, e que têm como objetivo final "ter um impacto positivo no aumento das qualificações dos formandos , apoiando projetos que, como neste caso, têm repercussões muito positivas na sociedade".

Presente na entrega de prémios esteve ainda Vítor Condesso, presidente da Federação Europeia de Minigolfe que assegurou que esta é uma ideia para evoluir por forma a tornar-se uma prática desportiva habitual para os cegos.

Durante o mês maio de 2018 a Europa na Minha Região, uma campanha da União Europeia, incentivou os cidadãos europeus a visitarem projetos financiados, a tirarem as melhores fotografias e a escreverem as suas histórias.

 

Fonte: PO CH