Seminário sobre oportunidades em Moçambique para PME portuguesas

11/12/2017

A AIDA - Associação Industrial do Distrito de Aveiro, em parceria com a CIRA - Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro e com a Universidade de Aveiro, realiza o seminário "Moçambique: perspetivas económicas e oportunidades do mercado para as PME portuguesas", no dia 12 de Dezembro de 2017, das 14h30 às 17h30, Auditório da AIDA.

O seminário encontra-se inserido no projeto InterAveiro, aprovado ao abrigo do Programa Operacional CENTRO 2020 e apoiado pelo FEDER - Sistema de Apoio a Ações Coletivas "Internacionalização".

"Para Portugal e para as empresas portuguesas este é um mercado de grande potencial, e embora complexo apresenta um conjunto de oportunidades de negócios transversais a praticamente todos os produtos", diz fonte da organização do seminário.

Apesar da atual situação económica de Moçambique, caracterizada por um crescimento económico moderado, fragilidades económicas, financeiras e sociais, quebra do consumo privado e do consumo público e, consequentemente, uma quebra das exportações e das importações, "este continua a ser um mercado fundamental e prioritário para as empresas portuguesas e em particular para as da Região de Aveiro", acrescentam aqueles responsáveis.

Fonte da AIDA realça que o governo, o Banco de Moçambique, os parceiros e as entidades externas de financiamento têm vindo a tomar medidas no sentido de fazerem face à dívida, ao problema cambial, à necessidade de industrialização e de formação dos recursos humanos e a melhorias infraestruturais gerais, à salvaguarda da paz, bem como à mais correta exploração dos recursos.

Estima-se que a partir de 2018, se verifique uma retoma, embora ligeira, da economia moçambicana colocando o país novamente "na rota de mercado promissor".

Embora sejam muitos os desafios que o mercado tem pela frente, todos os países e analistas económicos consideram, de uma maneira geral, Moçambique como muito interessante e preveem que, após o atual momento difícil, o país retome com maior segurança.

Consulte aqui o PROGRAMA e saiba como se INSCREVER. As inscrições são gratuitas.

 

Fonte: AIDA/Agricultura e Mar Actual