A A A

12/02/2020

Comissão Europeia divulga projetos do PO ISE

A Comissão Europeia divulgou, recentemente, nos seus canais de comunicação três projetos cofinanciados pelo PO ISE nomeadamente, o projeto CLDS 3G de Bragança, o projeto Palcos para a Inclusão e o projeto Aldeias Pedagógicas.

 

No projeto CLDS 3G de Bragança, cofinanciado através da Tipologia de Operações 3.10 - Contratos Locais de Desenvolvimento Social do PO ISE, foi dinamizado o Centro Social Paroquial Santos Mártires, no concelho de Bragança.

 

O projeto tem como finalidade originária a promoção da inclusão social dos cidadãos, de forma multissetorial e integrada, através de ações a executar em parceria, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios deprimidos.

 

O apoio é dado através de ações de empoderamento e procura ativa integrando cidadãos em mercado de trabalho, ações de combate à solidão e isolamento, ações socioculturais que promovem o envelhecimento ativo, entre outras.

 

O projeto Palcos para a Inclusão, cofinanciado através da Tipologia de Operações 3.33 - Programa de Parcerias para o Impacto do PO ISE, é dinamizado pelo Espaço t - Associação para Apoio à Integração Social e Comunitária, na região Norte.

 

O projeto, procura fomentar nos residentes de bairros ou habitações sociais, dos bairros do Porto, Trofa e Maia, um maior envolvimento em manifestações culturais e artísticas, reforçando assim a coesão social, o diálogo entre diferentes, estimulando ainda o desenvolvimento pessoal e interpessoal, promovendo assim uma mudança social.

 

O projeto Aldeias Pedagógicas cofinanciado através da Tipologia de Operações 3.33 - Programa de Parcerias para o Impacto do PO ISE, foi dinamizado pela Azimute – Associação de Desportos de Aventura, Juventude e Ambiente, na região Norte.

 

O projeto promove o envelhecimento ativo, a intergeracionalidade, a participação cívica e familiar e o bem-estar físico e mental do idoso. As Aldeias Pedagógicas, valorizam os saberes, os ofícios e a experiência de vida dos idosos, tornando-os nos “Mestres” das Aldeias: são os idosos que melhor guardam os saberes de outrora e são também eles que melhor os sabem transmitir.

 

O projeto envolve ainda o uso de tecnologias, como o Skype, enquanto linha de contacto entre utilizadores séniores e os seus familiares, de forma a reforçar as relações de proximidade, assim como ações de sensibilização, eventos e um “espaço” de criação artística, que desenvolve a motricidade, a precisão manual, a coordenação psicomotora e a criatividade do idoso. 

 

 

Fonte: PO ISE

 

 

Tem dúvidas?
outros conteúdos
Partilhe o site PT2020
Conheça o portal do Portugal 2020! Apoiamos o seu investimento. O sucesso do Portugal 2020 é decisivo para o futuro do nosso país.
Topo