A A A

27/12/2019

Lançado 'online' Catálogo Coletivo Bibliográfico dos Açores

Foi recentemente disponibilizado o Catálogo Coletivo de Bibliotecas – Património Bibliográfico Açores,  um dos produtos da plataforma digital, concebida pela “Estrutura para a Casa da Autonomia”, com apoio do Programa Operacional AÇORES 2020.

 

Esta plataforma digital foi construída com tecnologias web e open source, em ambiente de computação em nuvem (cloud computing), no âmbito do projeto Autonomia dos Açores Digital, vertente digital da Casa da Autonomia, cofinanciado por fundos da União Europeia através do PO AÇORES 2020.

 

O CCB – Património Bibliográfico Açores agrega acervos bibliográficos de várias instituições da Região Autónoma dos Açores, designadamente das três maiores bibliotecas públicas, bem como de outras bibliotecas e centros de informação e documentação.

 

Além da pesquisa simultânea em diversos fundos do valioso património bibliográfico dos Açores, este catálogo em linha (OPAC) disponibiliza um conjunto de serviços como efetuar reservas, renovar empréstimos, exportar, imprimir e gravar registos, consultar o seu histórico de pesquisa e de empréstimos, criar listas bibliográficas, entre outros.

 

Este catálogo pode ser comodamente consultado em qualquer parte do mundo, em qualquer equipamento, incluindo telemóveis, com acesso à internet em https://ccbibliotecas.azores.gov.pt.

 

Atualmente, é possível consultar num universo de mais de meio milhão de registos bibliográficos das bibliotecas públicas e arquivos de Ponta Delgada, Angra do Heroísmo e Horta, bem como do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, Casa da Autonomia, Centro de Documentação do Museu Carlos Machado e Centro de Informação da Presidência do Governo dos Açores.

 

A estas instituições juntar-se-ão em breve outras, públicas e privadas, com fundos de relevo, ampliando assim a acessibilidade da população a acervos regionais.

 

O sistema integrado de gestão de bibliotecas desenvolvido pela “Estrutura para a Casa da Autonomia” vem permitir um acesso cómodo e alargado ao património bibliográfico da Região.

 

Este sistema está também já a ser utilizado pelas 43 unidades que constituem a Rede Regional de Bibliotecas Escolares para gestão das suas coleções bibliográficas.

 

De salientar, que esta é a primeira de várias valências digitais em desenvolvimento por parte da “Estrutura para a Casa da Autonomia”.

 

Neste âmbito, e no decorrer do próximo ano, será disponibilizado o acesso a um vasto repositório de fontes documentais integrais, referentes à história e ao processo autonómico dos Açores, bem como o Catálogo Coletivo dos Museus e o Catálogo Coletivo dos Arquivos, cumprindo assim uma das missões do projeto Casa da Autonomia: melhorar o acesso dos cidadãos ao valioso espólio histórico-cultural dos Açores.

 

 

Fonte: CCB/Açores9

Tem dúvidas?
outros conteúdos
Partilhe o site PT2020
Conheça o portal do Portugal 2020! Apoiamos o seu investimento. O sucesso do Portugal 2020 é decisivo para o futuro do nosso país.
Topo