A A A

23/10/2020

Primeira emissão de obrigações de investimento social ‘SURE’

A Comissão Europeia emitiu, pela primeira vez, obrigações de investimento social no valor de 17 mil milhões de euros ao abrigo do Instrumento SURE da UE, com o objetivo de proteger o Emprego e manter as pessoas no mercado de trabalho.

 

A emissão incluiu dois tipos de obrigações, sendo que 10 mil milhões de euros deverão ser reembolsados em outubro de 2030 e 7 mil milhões de euros em 2040.

 

Os investidores manifestaram um grande interesse neste instrumento com notação elevada e a procura foi mais de 13 vezes superior à oferta, o que resultou em condições de preço favoráveis para as duas obrigações.

 

Os preços daquela que foi a maior emissão de obrigações de sempre pela Comissão revelaram-se atrativos, num início auspicioso para o Programa SURE.

 

As condições em que a Comissão contrai empréstimos são repercutidas diretamente em favor dos Estados-Membros que recebem empréstimos. Encontre AQUI mais pormenores sobre os preços da transação.

 

Nesta transação, a Comissão Europeia foi apoiada por cinco bancos («joint bookrunners»): Barclays (IRL), BNP Paribas, Deutsche Bank, Nomura e UniCredit.

 

Os fundos angariados serão transferidos para os Estados-Membros beneficiários sob a forma de empréstimos para os ajudar a cobrir os custos relacionados diretamente com o financiamento de regimes nacionais de redução de tempo de trabalho e medidas semelhantes em resposta à pandemia.

 

Neste contexto, a Comissão anunciou no início deste mês que iria emitir a totalidade das obrigações SURE UE, num montante máximo de 100 mil milhões de euros, sob a forma de obrigações de investimento social, tendo igualmente adotado um Quadro para as obrigações de investimento social avaliado de forma independente.

 

Saiba mais:

 

| Comunicado de imprensa 
 

| Perguntas e respostas
 

| Comunicado de imprensa técnico
 

| Quadro para as obrigações de investimento social
 

| Sítio Web «A UE como mutuário»

 

 

Fonte: Rep. CE Portugal

Tem dúvidas?
outros conteúdos
Partilhe o site PT2020
Conheça o portal do Portugal 2020! Apoiamos o seu investimento. O sucesso do Portugal 2020 é decisivo para o futuro do nosso país.
Topo