A A A

19/05/2020

Projeto ‘POTATOPLASTIC’ desenvolve composto para substituir o plástico tradicional

Motivado pelo impacto ambiental e o elevado custo associado à reciclagem dos plásticos convencionais, o projeto POTATOPLASTIC visa desenvolver um composto bioplástico biodegradável, à base dos subprodutos de batata, para substituir o plástico tradicional.

 

O POTATOPLASTIC pretende contribuir assim para um menor uso de matérias-primas não-renováveis na produção de plásticos, reduzindo os custos económicos e ambientais da reciclagem, com apoio do Programa Operacional COMPETE 2020.

 

Além disso, a indústria do processamento de batata beneficia pela criação de uma atividade capaz de absorver grande parte dos seus resíduos e produtos secundários não reutilizados.

 

Foi objetivo deste projeto a substituição do petróleo por uma matéria-prima de origem natural que pudesse oferecer propriedades funcionais interessantes. Esta questão aliada à quantidade de subprodutos não reutilizados obtidos pelas indústrias de processamento da batata gerou um interesse no desenvolvimento de um bioplástico contendo este tipo de subprodutos.

 

O projeto, promovido pela ISOLAGO - Indústria de Plásticos, S.A. em parceria com a Universidade de Aveiro, conta com o apoio do COMPETE 2020 no âmbito do Sistemas de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico em Copromoção, envolvendo um investimento elegível de 1,7 milhões de euros o que resultou num incentivo FEDER de cerca de um milhão de euros.

 

 

Fonte: Compete2020

 

 

Tem dúvidas?
outros conteúdos
Partilhe o site PT2020
Conheça o portal do Portugal 2020! Apoiamos o seu investimento. O sucesso do Portugal 2020 é decisivo para o futuro do nosso país.
Topo