A A A

30/12/2019

Urgência Pediátrica do Hospital de Évora reabre após obras de requalificação

O Serviço de Urgência Pediátrica do Hospital de Évora reabriu, no passado dia 18 de dezembro, após obras de requalificação cofinanciadas pelo Programa Operacional ALENTEJO 2020.

 

A requalificação do Serviço de Urgência Pediátrica constituía um dos objetivos do Conselho de Administração, e as obras decorreram ao longo de seis meses com o apoio do ALENTEJO 2020.

 

A renovada Urgência Pediátrica do HESE EPE dispõe agora de um espaço muito mais amplo, com mais gabinetes de atendimento e uma capacidade instalada para aumento de camas para internamentos de curta duração, que permitirão melhorar a qualidade dos serviços prestados à população, nesta parte do território.

 

Esta obra enquadra-se no projeto ReMoTe – Requalificação e Modernização Tecnológica do HESE, e custou 369.000 euros (IVA Incluído), com 85% de financiamento do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

 

O Serviço de Urgência Pediátrica, quando abriu, em 2001, recebia cerca de 7000 crianças por ano. Hoje em dia, o Serviço de Urgência Pediátrica recebe, em média, cerca de 20 000 crianças/jovens por ano, ou seja, na prática acolhe mais de 40 000 pessoas por ano no serviço, tendo em conta que estes utentes carecem sempre de acompanhante.

 

O espaço renovado conta agora com salas amplas, luz natural em todas as áreas, uma zona de aerossóis, duas salas de SO, uma zona de isolamento (dentro do SO), três gabinetes de consulta, sete wc, uma sala de tratamento, sala de triagem, sala de espera, uma copa, um gabinete de enfermagem, um gabinete médico e arrumos.

 

As novas instalações permitem uma maior segurança física, um maior conforto para os utentes e profissionais e, muito importante também, um maior controlo das infeções hospitalares. As novas salas e gabinetes garantem ainda a privacidade de todos.

 

 

Fonte: CampoMaior/Alentejo2020

Tem dúvidas?
outros conteúdos
Partilhe o site PT2020
Conheça o portal do Portugal 2020! Apoiamos o seu investimento. O sucesso do Portugal 2020 é decisivo para o futuro do nosso país.
Topo