A A A

09/10/2019

Vencedores dos RegioStars são hoje anunciados pela Comissão Europeia

A Comissão Europeia anuncia hoje os vencedores dos prémios europeus RegioStars 2019 atribuídos aos projetos regionais mais inovadores e que têm este ano como único projeto finalista português o ECOMARE - Laboratório de Recursos Marinhos da Universidade de Aveiro.

 

Os projetos finalistas estão distribuídos por cinco categorias, sendo que o ECOMARE integra a categoria dois: "Ligação do Verde, Azul e Cinzento".

 

A cerimónia para a divulgação dos vencedores decorre ao início da noite em Bruxelas, onde se realiza até quinta-feira a Semana Europeia das Regiões e Cidades.

 

De um total de 199 inscrições para o RegioStars, este ano, foram selecionados 24 finalistas.

 

O ECOMARE, cofinanciado pelo Programa Operacional CENTRO 2020, com 4,1 milhões de euros, é um Centro de Investigação e Transferência de Tecnologia dedicado às questões do Mar.

 

Além da investigação com uma forte vertente de apoio às atividades da economia do mar, enriquecidas através de intercâmbios com investigadores de excelência a nível internacional, tem também uma infraestrutura que funciona como um hospital de reabilitação de animais marinhos, que conta com a colaboração da Sociedade Portuguesa de Vida Selvagem (SPVS) e do Oceanário de Lisboa.

 

O projeto português envolve entre 40 a 50 pessoas nas suas diferentes atividades e foi inaugurado há cerca de dois anos.

 

 Atualmente, estão em curso no ECOMARE, nos centros de Extensão e de Pesquisa em Aquacultura e Mar (CEPAM) e de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (CPRAM), projetos na ordem dos nove milhões de euros.

 

Em 2018, o Centro de Negócios e Serviços Partilhados (CNSP) do Fundão venceu o prémio RegioStars e o prémio Escolha do público do galardão europeu foi atribuído ao projeto de requalificação do lugar da Vista Alegre, em Ílhavo.

 

Dois anos antes, o Campus de Inovação de Oliveira do Hospital tinha vencido o prémio RegioStars e a Aceleradora de Empresas do Instituto Pedro Nunes (IPN) esteve entre os finalistas em 2017.

 

 

Fonte: CE/Lusa

 

 

 

Tem dúvidas?
outros conteúdos
Partilhe o site PT2020
Conheça o portal do Portugal 2020! Apoiamos o seu investimento. O sucesso do Portugal 2020 é decisivo para o futuro do nosso país.
Topo